Piero Vieira

Cantor talentoso, possuidor de uma ampla extensão vocal e multinstrumentista versátil e habilidoso. Estes são os adjetivos que vêm à mente quando se está diante de sua apresentação.

Piero iniciou sua trajetória musical no segmento do country americano. Ali, desenvolveu sua técnica de tocar violão, guitarra e gaita e também aprimorou a técnica de backing vocal. Hoje, mesmo distante deste segmento, carrega o DNA deste estilo, no jeito de tocar, no jeito de cantar…

Esta necessidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, moldou o seu estilo de artista. Piero não se contém a fazer uma simples apresentação de “voz e violão”. Construiu, para os shows acústicos, um modelo de “one man band” Além de cantar e tocar violão, toca gaita com suporte e cajón com os pés. Não obstante, ainda usa uma pedaleira, a qual agrega novas sonoridades.

Uma inacreditável coordenação, sem perder a qualidade e a intensidade musical. Piero faz parecer simples, algo extremamente complexo: além de uma coordenação motora impressionante, ser sensível, mas contundente, emotivo, mas animado.

Além das apresentações acústicas, Piero também se envolveu em projetos com bandas. Sobretudo, seu gênero musical passou a ser o pop internacional e nacional.

Atualmente, Piero se dedica às suas apresentações acústicas e com bandas, em eventos sociais e empresariais, além de se apresentar em grandes casas noturnas da Capital e interior, tais como: Kia Ora, The Sailor, She Rocks, All Black, Dublin, Yellow Pub Marine, Saint Patrick, No Canto, Paróquia, Providência, Saint John, entre outras.

As duas bandas, as quais hoje integra, são: a Summer Beats, na qual atua com o modelo de One Man Band, na versão Acústica, e como cantor e guitarrista, na versão não Acústica, em que há a presença de um baterista; e a banda Mob Trip, na qual é cantor e guitarrista.